Seguidores

Pesquisar este blog

PARA SALVAR AS IMAGENS, CLIQUE NAS IMAGENS PARA VISUALIZAR MELHOR.

1. Escolha a imagem;
2. Clique no botão direito do mouse;
3. Escolha a opção “Salvar Imagem Como ...”
4. Escolha o local a ser salvo a imagem;
5. Clique em salvar e pronto.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Percepção do Tempo e Espaço



Levar a criança a aprender a diferenciar as velocidades e determinar a regularidade de seu próprio tempo e do tempo pré-estabelecido, fazer deslocamento com ritmo e sincronizado, descobrir a cadência dos movimentos.
Os exercícios de coordenação levam a criança a estabelecer estímulos adequados entre o espaço de seu corpo e os objetos; realizando um esforço de adaptação ao mundo exterior, estruturando assim o esquema corporal.
A coordenação global desenvolverá o sentido de direção e orientação espacial, aproximação de distância, pontaria, localização de objetos em movimentos, sua trajetória e velocidade.
Etapas são estabelecidas para se adquirir a complexidade:
a) Orientação do próprio corpo
b) Noções de posições: direita/esquerda-à frente/atrás-alto/baixo

Estrutura Espacial:

- lançar bolas a pequenas e grandes distâncias.
- lançar uma bola para cima com mais força e com menos força.
- fazer uma roda com as crianças e passar a bola de uma para outra.
- chutar a bola com o pé variando as distâncias.
- lançar a bola para o chão e apará-la quando subir.
- levar as crianças para dentro e para fora da sala. Ir falando os conceitos (dentro-fora).
- desenhar círculos no chão. A criança dentro e depois fora do círculo.
- colocar uma porção de cadeiras enfileiradas. As crianças agacham-se e passam debaixo delas.
- dispor as cadeiras da sala em duas filas paralelas. As crianças passam entre elas.
-fazer com as crianças uma roda de mãos dadas. Rodar para uma direção e depois para outra. Aproveitar a oportunidade e cantar músicas de roda.
- andar na sala livremente com os braços para cima, para frente e para os lados.

Estruturação temporal:

É composta de todos os exercícios de tonicidade, equilíbrio e respiração que possam ser feitos com ritmo normal, rápido e lento.
O professor bate palmas ou toca um tambor e as crianças o acompanham marchando.
O educador canta uma música com ritmos variados. Quando cantar rápido, as crianças andam depressa; quando lentamente, as crianças vão devagar.
A cada palma do professor, bater um pé no chão, mudar o pé (variar o ritmo).
Jogar bolas em distintas direções. Observar a bola que foi mais rápida. Determinar a que chegou antes e a que chegou depois a um lugar predeterminado.

Atividades Rítmicas


Nossa vida é um ritmo constante. Existe ritmo em tudo que fazemos. É um elemento vital, gerador de precisão, que ajuda a ação e o deslocamento eficazmente.
A criança aprende com o ritmo, ela cria, improvisa. O mais simples movimento adaptado ao ritmo é um fator de formação e equilíbrio do sistema nervoso, que proporciona à criança tímida mais confiança em si, e a oportunidade de expressão através do próprio, com criatividade, liberdade e espontaneidade.
As atividades rítmicas têm como objetivo: descobrir o esquema corporal e a consciência do próprio ser; educar a auto-disciplina e a concentração; desenvolver o sentido de orientação; favorecer relações sociais; estimular a sensibilidade; desenvolver a criatividade; facilitar a expressão espontânea;etc.

Algumas atividades rítmicas:

- deslocamento no espaço e no tempo em linhas retas, curvas, mistas: caminhar, correr, saltar, saltitar, andar em círculos, retas, espiral, em direção à frente, atrás, à direita e à esquerda, mais longe, mais perto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita em meu Blog! Deixe um comentário!

CANAL PEDAGÓGICO

Comente:

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também