Seguidores

Postagens animadas Canal Pedagógico

Pesquisar este blog

TRADUTOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Minha foto
Sidrolândia, Mato Grosso do Sul, Brazil
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (1999-2003). Tem experiência na área de Educação. Professora concursada-efetiva pela Prefeitura Municipal de Sidrolândia/MS (02 períodos). Exerce a função de Docente na Educação Infantil. Pós Graduada-Especialista em Educação Infantil pela UFMS/MEC/UNDIME//UEMS. Contato: E-mail: pedagogaclaudinha@gmail.com site; http://canalpedagogico.blogspot.com MSN: claus.id@hotmail.com

PARA SALVAR AS IMAGENS, CLIQUE NAS IMAGENS PARA VISUALIZAR MELHOR.

1. Escolha a imagem;
2. Clique no botão direito do mouse;
3. Escolha a opção “Salvar Imagem Como ...”
4. Escolha o local a ser salvo a imagem;
5. Clique em salvar e pronto.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Projeto didático: Meios de Transportes

Área de conhecimento: Linguagem oral e escrita, Matemática, Artes, Psicomotricidade e Música.

Conteúdo especifico: Diferentes meios de transporte existentes em nossa cidade.

Objetivos:
  • Conhecer os meios de transporte  mais primitivos, até os mais atuais, explorando as amplas possibilidades de trabalho que o tema traz, como: a evolução da tecnologia, inventores que se destacaram os tipos de transportes, a importância em nossas vidas, conscientização dos meios de segurança, etc.
  • Promover a socialização das crianças por meio de sua participação e inserção nas mais diversificadas atividades pedagógicas;
  • Explorar e vivenciar experiências sensoriais e corporais através de situações lúdicas, registrando através de diversas linguagens, a fim de ampliar o conhecimento de si, do outro e do mundo, bem como suas capacidades e limitações;
  • Vivenciar no cotidiano situações que favoreçam a construção da estrutura lógica-matemática.

Sugestões de atividades:
O projeto inicia através de uma conversa em roda, levantar os conhecimentos prévios das crianças sobre os meios de transporte  (vocês sabem quais são os meios de transporte  existentes em nosso bairro? quais os meios de transportes vocês usam para passear e vir á escola?…). A partir dessa conversa, as crianças levarão para casa um questionário para realizar uma pesquisa sobre os meios de transportes que sua família usa para trabalhar, passear…
Montar um gráfico através da pesquisa realizada com as crianças. Expor o gráfico dentro da classe e vamos comparar com dos amigos da outra turma. Definir quais os meios de transporte  (aéreos, terrestres e marítimos) cada turma irá trabalhar.
Etapas prováveis:
Observar alguns meios de transporte  utilizados. Entender a importância dos transportes para o funcionamento da cidade.
  • Compreender a evolução dos meios de transporte. Perceber os tipos de solo de cada meio ambiente.
  • Construir meios de transporte com sucatas.
  • Conscientizar a importância dos sinais de trânsito, o cinto de segurança e a faixa de pedestre.
  • Pesquisar em livros sobre os inventores que se destacaram.
  • Realizar brincadeiras que envolvam transportes, com passeio de motoca, trenzinho, etc.;
  • Construção de uma estrada para andarmos a pé, de motoca e com carrinhos;
  • Observação e imitação dos sons emitidos pelos transportes;
  • Classificação dos meios de transporte, terrestres, aéreos e marinhos;
  • Utilização de literaturas variadas;
  • Proporcionar atividades artísticas utilizando sucatas, gravuras, fotos, etc.;
  • Explorar a utilidade de cada transporte;
  • Construção de brinquedos de sucata;
  • Confecção de cartazes sobre transportes;
  • Apresentação de formas geométricas como auxílio para a construção de transportes;
  • Descrição e imitação dos sons encontrados em gravuras e fotos;
  • Jogos de roda e brincadeiras que utilizem o corpo como forma de expressão de transportes;
  • Brincadeiras livres com meios de transporte.
  • Promover discussão;
  • Pesquisa;
  • Promover brincadeiras com os sinais de trânsito;
  • Mostrar a diferença do meio de transporte antigo e atual;
  • Propor a confecção de meios de transporte com material de sucata;
  • Fazer circuito utilizando placas de sinalização para simular algumas regras de trânsito.

Metodologia:
 Pesquisa em jornais, revistas, livros e vídeos sobre a circulação de pessoas e mercadorias em diferentes espaços e tempos (identificação e comparação de imagens - velhas e o novo, as transformações, a preservação ou destruição dos espaços públicos) - iniciação da construção da cidadania por meio da reflexão sobre as responsabilidade dos dirigentes e da população em cada momento histórico da organização das cidades - significado da circulação com qualidade de vida.
Exploração da evolução das cidades e dos meios de transportes em função da circulação das pessoas na busca do atendimento de suas necessidades (alimentação, trabalho, moradia, lazer, enfim sobrevivência) – desenvolvimento e tecnologia.
Montagem de painéis ou de um livro de texto e imagens com o resultado das pesquisas e a produção dos alunos.

Recursos:
Sulfite, papelão, cartolinas, lápis de cor, giz de cera, cola quente, tesoura, tinta guache, CDs, DVDs, aparelho de televisão e som, etc.

Avaliação:A avaliação  será através de registro por parte do professor em relação a participação e aprendizagem dos alunos frente as atividades propostas durante o desenvolvimento deste projeto.

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Projeto Jogos Matemáticos da Educação Infantil

Projeto Jogos Matemáticos da Educação Infantil

Colibri Centro Educacional
Tema: A importância dos jogos matemáticos na Educação Infantil
Execução: Professora Gyhanny de Oliveira
Público-alvo: Educação Infantil
Duração: 1 mês
Resumo
O eixo principal deste projeto fundamenta-se em discutir e destacar a importância do ensino da Matemática através do lúdico na Educação Infantil. A Matemática é fundamental na nossa vida e, se não trabalhada desde cedo de forma divertida, pode ser a causa de grande parte de repetências no futuro. As brincadeiras para o aprendizado da Matemática devem ser dirigidas e ter finalidades, desenvolvendo, assim, capacidades importantes como a memorização, a imaginação, a noção de espaço, a percepção e a atenção.
Objetivo geral
• Demonstrar a importância da inserção do lúdico (jogos, brinquedos e brincadeiras) na construção do processo de aprendizagem na Educação Infantil, como um modelo prático de vivência e de uma pedagogia escolar transformadora.
Objetivos específicos
• Identificar cores, formas geométricas e números, além de nomear cores, formas geométricas, quantidades e tamanhos, através de atividades lúdicas.
• Ajudar nosso aluno para que desenvolva a atenção, a memorização e as percepções visuais, auditivas e táteis.
• Utilizar diversos materiais recicláveis para ampliar suas possibilidades de expressão.
• Produzir trabalhos de arte utilizando a linguagem do desenho, da pintura, da colagem, etc.
• Incentivar a participação dos familiares no projeto.
• Utilizar a linguagem oral para expressar opiniões e ideias, interagindo com o grupo.
• Oferecer inúmeras dinâmicas que possibilitem brincar de forma criativa e prazerosa.
• Valorizar o jogo, a brincadeira e o brinquedo como metodologia inovadora para melhor aproveitamento das crianças em atividades de animação e integração, promovendo a construção do processo de aprendizagem na Educação Infantil.
• Manipular diferentes objetos e materiais.
• Observar imagens e cores diversas a fim de identificá-las e interpretá-las.
• Identificar as formas geométricas e suas cores.
• Criar trabalhos de arte.
• Elaborar perguntas e respostas coerentes com o contexto.
• Despertar a curiosidade para aprender e se apropriar das regras que envolvem os jogos.
• Participar de brincadeiras musicais.
• Utilizar a contagem oral.
• Familiarizar-se com a escrita, desenvolvendo o traçado de letras e numerais.
• Brincar com os números nos diversos contextos em que se encontram para, assim, reconhecê-los e quantificá-los.
Conteúdo
Cores primárias e secundárias, formas geométricas, atividades orais e escritas, números, quantidades, músicas e danças, adição, subtração, multiplicação, divisão, memorização, brincadeiras, móbiles das cores, materiais recicláveis (sucatas), painéis para jogos matemáticos, exposição de trabalhos realizados em sala.
Materiais utilizados
TNT, dados, tinta guache, placas de celulose, botões, sucata (garrafas PET de diferentes cores e tamanhos, tampinhas, copos descartáveis, crivos de ovo, bolinhas de gude), tesoura com ponta arredondada, colas branca e colorida, lápis de cor, giz de cera, giz de lousa, régua, glitter, fio de náilon, barbante, fita adesiva transparente, pincel, EVA, rolinhos de papel higiênico, copos de papel, etc.
Culminância
Exposição dos trabalhos em sala de aula, participação dos alunos e de seus familiares, degustação de chá com biscoitos.
Metodologia
De maneira bastante lúdica, através dos jogos matemáticos, músicas e brincadeiras, vamos trabalhar para a construção do aprendizado da criança e procurar desenvolver sua capacidade de pensar com os materiais presentes durante a execução do projeto, desenvolvendo situações e envolvendo a Matemática no dia a dia, propiciando o conhecimento dos números, das cores, das formas geométricas, bem como noções de espaço e formas.
Os professores da Educação Infantil estão sempre estimulando seus alunos, propiciando, assim, a autoconfiança das crianças ao se depararem com problemas e desafios, usando a criatividade e explorando e ampliando o conhecimento delas.
Público-alvo
Educação Infantil: Maternal I, Maternal II, Jardim I e Jardim II.
Período de duração
O projeto é realizado num período de 1 mês, e, a cada dia, será executada uma quantidade de atividades diferentes, previamente definidas e organizadas de acordo com a faixa etária dos alunos. O encerramento do projeto é feito com a exposição dos trabalhos realizados e a participação dos alunos e dos familiares.
Avaliação
A avaliação acontece individualmente e em grupo, levando em conta o interesse, a participação, a atenção, a concentração e o envolvimento de cada criança com o projeto, registrando suas descobertas, relações e manifestações, além de dificuldades e expressões relacionadas ao seu desenvolvimento: contagem oral, associação de cores e formas geométricas e associação de número e quantidade.
Considerações finais
Este projeto buscou mostrar ao leitor que o aprendizado na Educação Infantil torna-se essencial. É nessa fase que as crianças desenvolverão conceitos importantes que utilizarão ao longo da vida. A Matemática é uma ciência que nos acompanha desde cedo. Ainda pequenos, aprendemos a contar a nossa idade e a dos familiares, a memorizar regras de jogos, entre outras coisas. O lúdico exerce um papel fundamental e merece a atenção dos professores que trabalham com Educação Infantil. Através das brincadeiras, a criança descobre muito dos outros e de si mesma, desenvolvendo sua socialização, memorização, imaginação, noção de tempo/espaço, criatividade e raciocínio lógico, além de aspectos afetivos e emocionais. Com as brincadeiras, a criança compreende melhor sua realidade e a explora, dando-lhe significados. O professor deve estar consciente de que os jogos e as brincadeiras utilizados devem ser bem elaborados e dirigidos com finalidades pedagógicas. O RCNEI defende a ideia de que o aprendizado da Matemática ajuda na formação de seres independentes e com facilidade para se expressar, sendo capazes de solucionar seus problemas e obstáculos. Deixa claro também que ensinar Matemática por meio da memorização e repetição é um erro, pois os alunos não entendem a lógica e apenas decoram. A melhor opção é trabalhar com seriação e classificação que desenvolvam as capacidades de ordenar, classificar e comparar, aprimorando o raciocínio lógico.
Referência:


sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Parlendas


O que são parlendas?


As parlendas são versinhos com temática infantil que são recitados em brincadeiras de crianças. Possuem uma rima fácil e, por isso, são populares entre as crianças. Muitas parlendas são usadas em jogos para melhorar o relacionamento entre os participantes ou apenas por diversão. Muitas parlendas são antigas e, algunas delas, foram criadas, há décadas. Elas fazem parte do folclore brasileiro, pois representam uma importante tradição cultural do nosso povo.

Alguns exemplos de parlendas:

Um, dois, feijão com arroz.
Três, quatro, feijão no prato.
Cinco, seis, chegou minha vez
Sete, oito, comer biscoito
Nove, dez, comer pastéis.

*********************************************
Serra, serra, serrador!
Serra o papo do vovô!
Quantas tábuas já serrou?
Uma delas diz um número e as duas, sem soltarem as mãos, dão um giro completo com os braços, num movimento gracioso.Repetem os giros até completar o número dito por uma das crianças.
**********************************

Um elefante amola muita gente...
Dois elefantes... amola, amola muita gente...
Três elefantes... amola, amola, amola muita gente...
Quatro elefantes amola, amola, amola, amola muito mais...(continua...)
***************************************

– Cala a boca!–
Cala a boca já morrei
Quem manda em você sou eu!
*******************************************

- Enganei um bobo...
Na casca do ovo!
*****************************************
Dedo Mindinho
Seu vizinho,
Maior de todos
Fura-bolos
Cata-piolhos.

*******************************************

Palma, palminha, Palminha de Guiné
Pra quando papai vié,
Mamãe dá a papinha,
Vovó bate cipó,
Na bundinha do nenê.

***********************************
Bão, babalão,
Senhor Capitão,
 Espada na cinta,
Ginete na mão.
Em terra de mouro
Morreu seu irmão,
Cozido e assado
No seu caldeirão.
****************************************

Hoje é domingo
Pé de cachimbo
Cachimbo é de barro
Bate no jarro
O jarro é de ouro
 Bate no touro
O touro é valente
Bate na gente
 A gente é fraco
 Cai no buraco
O buraco é fundo
 Acabou-se o mundo.

******************************8

Dinglin... dingues, Maria Pires?

Estou fazendo papa!

Para quem Para João Manco.

Quem o mancou?

Foi a pedra.

Cadê a pedra?

Está no mato.

Cadê o mato?

O fogo queimou.

Cadê o fogo?

A água apagou.

Cadê a água?

O boi bebeu.

Cadê o boi?

Foi buscar milho.

Para quem?

Para a galinha.

Cadê a galinha?

Está “pondo”.

Cadê o ovo?

O padre bebeu.

Cadê o padre?

Foi dizer a missa.

Cadê a missa?

Já se acabou!

*******************************

Sola,sapato,

Rei,Rainha

Onde quereis

Que eu vá dormir?

Na casa de mãeAninha.

***********************

Botões compartilhar

Comente:

Postagens recentes

Seguidores

Anuncie aqui. Preencha Formulário de contato abaixo

Nome

E-mail *

Mensagem *

SEGUIDORES

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também