Seguidores

Postagens animadas Canal Pedagógico

Pesquisar este blog

TRADUTOR

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Minha foto
Sidrolândia, Mato Grosso do Sul, Brazil
Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (1999-2003). Tem experiência na área de Educação. Professora concursada-efetiva pela Prefeitura Municipal de Sidrolândia/MS (02 períodos). Exerce a função de Docente na Educação Infantil. Pós Graduada-Especialista em Educação Infantil pela UFMS/MEC/UNDIME//UEMS. Contato: E-mail: pedagogaclaudinha@gmail.com site; http://canalpedagogico.blogspot.com MSN: claus.id@hotmail.com

PARA SALVAR AS IMAGENS, CLIQUE NAS IMAGENS PARA VISUALIZAR MELHOR.

1. Escolha a imagem;
2. Clique no botão direito do mouse;
3. Escolha a opção “Salvar Imagem Como ...”
4. Escolha o local a ser salvo a imagem;
5. Clique em salvar e pronto.

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Tabela diferenças entre Piaget, Vygotsky e Wallon

PIAGET


ESQUEMAS DE CONHECIMENTO:

-ASSIMILAÇÃO:  incorporar as experiências ou objetos às estratégias ou conceitos já existentes; -ACOMODAÇÃO:  modificação e ajustamento dos esquemas em função de novas experiências ou informações;
-EQUILIBRAÇÃO:  é o fator essencial e determinante no desenvolvimento do sujeito ao processo de adaptação ao meio em que vive.

ESTÁGIOS DE DESENVOLVIMENTO:

-SENSÓRIO-MOTOR:  do nascimento a cerca de 18-24 meses;
-PRÉ-OPERATÓRIO: aproximadamente entre 2 e 6/7 anos;
-OPERATÓRIO CONCRETO:  aproximadamente 7/8 até os 11/12 anos;
-OPERATÓRIO FORMAL: a partir de 11/12 anos em diante.

IMPLICAÇÕES PEDAGÓGICAS: A aprendizagem depende do processo de desenvolvimento cognitivo; O papel da escola é dar à criança oportunidade de agir sobre os objetos de conhecimento; O papel do professor  um agente facilitador e desafiador de seus processos de elaboração; A criança é quem constrói seu próprio conhecimento.













Vygotsky


Vygotsky levantou a questão da relação entre ensino e a aprendizagem escolar e desenvolvimento cognitivo. Ele fala muito da escola, dos professores e da interação pedagógica. Para Vygotsky, a criança nasce inserida num meio social, que é a família, e é nela que estabelece as primeiras relações com a linguagem na interação com os outros.

CONCEITOS CENTRAIS
Abordagem Histórico/Social; Forma de produção de trabalho humano > cultura; Mundo Histórico / Sujeito Histórico.

DO BIOLÓGICO PARA O HISTÓRICO SOCIAL:
-OS INSTRUMENTOS: tudo que se interpõe entre o homem e o ambiente, ampliando e modificando suas formas de ação;
-OS SIGNOS: tudo que é utilizado pelo homem para representar, evocar ou tomar presente o que está ausente constitui um signo: a palavra, o desenho e os símbolos.
-INTERNALIZAÇÃO  processo interno de reconstrução de uma operação externa;
-INTERPSICOLÓGICO relação entre indivíduos; -  INTRAPSICOLÓGICO – conexões com o que já temos de construção de conceitos.

PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DO MUNDO CULTURAL: -LINGUAGEM - A linguagem socializada; Linguagem egocêntrica; Fala interna;
-O OUTRO SOCIAL - A interação social é a base do processo de aprendizagem humana;
-A METACOGNIÇÃO – A Fala interna.
-DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM - O aprendizado impulsiona o desenvolvimento: Nível (Zona) de desenvolvimento real > capacidade de realizar tarefas de forma independente; Zona de desenvolvimento proximal: é o que está em processo de amadurecimento, o que ainda não construí e não construo sozinho;
-INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - O conhecimento na sala de aula é um processo social e compartilhado; O professor serve como guia no processo da aprendizagem; o aluno é o sujeito da aprendizagem, aquele que aprende junto ao outro.

Wallon
Segundo Wallon, a gênese da inteligência é biológica e social, ou seja, o ser humano é organicamente social e sua estrutura orgânica supõe a intervenção da cultura. Seu projeto teórico foi  estudar a gênese dos processos que constituem o psiquismo humano.
Considerava que a escola deveria perceber a criança como um ser total, concreto e ativo e de manter-se em contato com o meio social.

CONCEITOS CENTRAIS:
Estágios do Desenvolvimento Mental:
1º Estágio: impulsivo-emocional, ocorre no 1° ano de vida.;
2º Estágio -Sensório-motor e projetivo: vai até os 3 anos;
3º Estágio - Personalismo : dos 3 aos 6 anos;
4º Estágio - Categorial : (6-11/12 anos);
5º Estágio - Predominância funcional; Emoção: a afetividade precede nitidamente o aparecimento das condutas; O Movimento: as necessidades cinéticas, de movimento, e as necessidades posturais são imprescindíveis ao desenvolvimento infantil;

CONTRIBUIÇÕES
O papel do outro na construção do conhecimento é indiscutível. O professor deixa de ser o agente exclusivo na formação das crianças. A interação com as outras crianças assume um papel fundamental no desenvolvimento e aprendizagem de cada uma delas.  O movimento é imprescindível ao desenvolvimento da criança. A brincadeira  assume um lugar essencial no desenvolvimento da criança. A emoção ocupa um lugar privilegiado no desenvolvimento do sujeito, em especial da criança; os conflitos, crises e contradições são pontos fecundos para a compreensão da pessoa humana.

SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS
Em relação a construção do conhecimento, para Piaget o conhecimento se dá a partir da relação do sujeito com o objeto dependendo do grau de desenvolvimento das suas estruturas cognitivas. Para Vygotsky que focou sua teoria na escola deixando claro os seguintes aspetos: Primeiro que o ser humano era um ser Filogenético, fazia parte de uma espécie; segundo que esse ser humano também era Ontogenético, nascia, crescia e morria; e que esse também era Microgenético, que por mais que sejam parecidos em alguns aspectos existem fatores genéticos individuais desse individuo. Para Wallon o desenvolvimento se dá também em estágios mas que são diferentes da Teoria Piagetiana. Wallon além de dar importância ao corpo da criança e a maturação biológica, considera importantíssima a emoção sendo a mesma fator principal em sua teoria, a observação é o método primordial, é a tentativa de entender o processo de desenvolvimento da criança.

Relativamente aos estágios de desenvolvimento, tanto Piaget como Wallon discorreram sobre o assunto. Na teoria de Piaget os estágios se dividem em quatro, enquanto para Wallon o desenvolvimento se dá em estágios, só que na sua teoria o individuo pode continuar em dois estágios, ou seja, um estágio encontra-se dentro do outro. Já Vygotsky nos dá o suporte teórico enfatizando a importância do meio cultural e das relações entre os sujeitos imersos num contexto histórico e a ênfase em seus processos de transformação.
O desenvolvimento humano, no modelo piagetiano, é explicado segundo o pressuposto de que existe uma conjuntura de relações interdependentes entre o sujeito conhecedor e o objeto a conhecer; Vygotsky irá nos trazer o que chamamos mediação simbólica que é feita através dos signos que são construídos culturalmente e que são compartilhados por todos, Wallon por mais que reconheça o fator orgânico, biológico como Piaget relata que o mesmo é a primeira condição no desenvolvimento do pensamento, sendo o primeiro, mas não o único.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita em meu Blog! Deixe um comentário!

Botões compartilhar

Lembrancinhas Dia das Mães (2021)

Comente:

Seguidores

Anuncie aqui. Preencha Formulário de contato abaixo

Nome

E-mail *

Mensagem *

SEGUIDORES

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também